SENAR/AC mostra sistema para análise de dados da ATEG

0
2

*SENAR mostra sistema para análise de dados da assistência técnica e gerencial* O SENAR/AC apresentou a importância do monitoramento de dados para a análise dos resultados da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) em uma videoconferência transmitida pelas redes sociais, na quarta (12). Mais de 120 mil produtores rurais em todo o País já foram beneficiados com o acompanhamento técnico gratuito para melhoria da produtividade, transferência de tecnologia e geração de renda. O Senar desenvolveu o Sistema de monitoramento de dados da AteG – Sisateg. A ferramenta reúne informações coletadas em campo para o monitoramento de dados e análise das propriedades e projetos atendidos. Hoje, o Sisateg reúne mais de 1.600 usuários em 25 estados e atende 21 atividades produtivas do agro. Durante a live, a assessora técnica do Senar, Cristiane Edna Camboim, destacou que o acompanhamento periódico das informações é essencial a análise correta de dados da ATeG. “A qualidade das informações coletadas pelos técnicos de campo é importante porque impacta diretamente na correta análise e tomada de decisões. Quando temos uma análise consistente, o produtor é o maior beneficiado e ele vai conseguir observar as melhorias na propriedade”. O registro no Sistateg é feito quando o técnico de campo realiza a visita mensal e coleta as anotações financeiras, produtivas e ambientais realizadas pelo produtor rural no intervalo das visitas. “O Sisateg é uma ferramenta segura e garante o rápido fluxo de informações mesmo diante do alto volume de dados recebidos diariamente. São registradas uma média de 700 visitas técnicas por dia. Desde o lançamento, já foram registradas mais de 1 milhão de visitas”, observou a coordenadora de projetos do Senar, Luana Frossard. O supervisor técnico de ATeG do Senar/GO, Weder de Lima Vieira, apresentou a experiência de trabalhar com a ferramenta inclusive para a gestão de pessoas. “O painel de supervisão apresenta indicadores relevantes para o monitoramento dos dados dos produtores rurais e dos técnicos de campo de forma inteligente. O sistema também permite a comunicação com o técnico sem a necessidade de ligar para ele para a correção de possíveis inconsistências rapidamente”.

SEM COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA